});

Bancos podem ajustar horários de funcionamento por coronavírus

Os bancos brasileiros vão ajustar os horários de atendimento ao público devido à pandemia do novo coronavírus. A determinação do Banco Central foi publicada nesta segunda-feira (23) no DOU (Diário Oficial da União), mas já havia sido decidida deste o dia 19 de março.

O texto afirma que “assegurada a prestação dos serviços essenciais à população, as instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil devem ajustar o horário de atendimento ao público de suas dependências enquanto perdurar, no País, a situação de risco à saúde pública decorrente do novo Coronavírus (Covid-19)”.

As instituições financeiras devem afixar um aviso nas suas dependências, em local visível, para informar os clientes sobre os novos horários de funcionamento. Também é obrigatória a comunicação pelos demais canais de atendimento disponíveis. Além dos horários, é essencial informar as regras especiais de acesso para evitar aglomeração de pessoas.

Em comunicado no dia 19 de março, a Febraban recomendou que os clientes utilizem os canais digitais dos bancos para evitar o deslocamento até as agências bancárias.

A instituição afirma que “por meio do celular e internet, os usuários podem fazer, com segurança, pagamento de contas, consulta de saldos e extratos, transferências financeiras, agendamento de pagamentos e contratação de serviços e empréstimos, entre outros”.

A Caixa Econômica divulgou que mantém, em regime de escala, apenas 30% dos funcionários, e oferece os serviços considerados essenciais à população, como: saques do INSS sem cartão; saques de seguro desemprego defeso sem cartão e senha; saques de Bolsa Família e outros benefícios sem cartão e senha; pagamento de abono salarial e FGTS sem cartão e senha; desbloqueio de cartão e senha de contas; e abastecimento e processamento de depósitos realizados nas máquinas de auto atendimento.

INFORMAÇÕES – JornalOsollo

Facebook Comments