Mulher foi esfaqueada após briga em bar de Irecê e suspeito foi linchado por populares

Após discussão, mulher é morta a facadas em bar e suspeito é linchado por populares na porta de casa na Bahia
Mulher foi atingida no tórax e morreu no local. Homem tentou se esconder, mas foi apedrejado e espancado até a morte. Os dois não tinham relacionamento, diz polícia.

Mulher foi esfaqueada após briga em bar de Irecê e suspeito foi linchado por populares

Uma mulher foi morta a facadas após uma discussão em um bar, na cidade de Irecê, que fica a 478 km de Salvador. O suspeito de ter cometido o crime foi linchado por populares na porta de casa, minutos depois do fato.

Continua depois mídia

De acordo com a Polícia Civil, o caso aconteceu no final da noite de domingo (3). Sheila Mota da Silva, que não teve idade revelada, estava com amigos em um bar, quando começou a discutir com Reginaldo Nascimento do Carmo, de 37 anos. Conforme a polícia, os dois não tinham um relacionamento.

Testemunhas contaram à polícia que, durante a briga, Sheila teria dado um tapa em Reginaldo, que saiu do bar e voltou com uma faca. Ele atingiu a vítima na região do tórax várias vezes e foi para casa. Sheila morreu no local.

Conforme a polícia, ainda não há informações do que pode ter iniciado a discussão. A polícia disse também que os dois não estavam juntos no bar.

Reginaldo foi seguido por populares e, ao chegar na residência em que morava, foi retirado de dentro do imóvel. Ele foi apedrejado e espancado até a morte.

Os dois corpos foram levados pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Irecê e encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML). A polícia não divulgou informações sobre o enterro dos dois. Até a manhã desta terça-feira (5), ninguém havia sido preso pelo linchamento de Reginaldo.

Lorena Oliveira

Lorena Oliveira | Comunicadora Editora Foco de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.