Governo bloqueia R$ 40 milhões de mais três universidades baianas 

Após cortar verbas destinadas à Universidade Federal da Bahia (Ufba), o Ministério da Educação (MEC) bloqueou cerca de R$ 28 milhões do orçamento de mais três instituições federais de ensino superior do estado, informa reportagem do jornal Correio.

Segundo a publicação, a nova tesourada atinge a Universidade Federal do Recôncavo (UFRB), que sofreu contingenciamento de 32%, o equivalente a 16,3 milhões, enquanto a Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), de 33,2% correspondente a R$ 11,8 milhões e a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), de 38% em torno de R$ 12 milhões.

O reitor da UFRB, Silvio Soglia, disse ao jornal soteropolitano que, caso o corte não seja revertido, serviços como água, luz e telefone ficarão inviabilizados. “O bloqueio destes valores, se não for revertidos, inviabilizam ate o final do ano, o funcionamento de vários serviços da universidade, além de impactar diretamente no pagamento das contas de água, luz, telefone, limpeza e vigilância, por exemplo”, afirmou. 

Fonte: bahia.ba

Lorena Oliveira

Lorena Oliveira | Comunicadora Editora Foco de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.