Contas do ex-prefeito João Bosco são rejeitadas pela Câmara de Vereadores de Teixeira de Freitas

Diante de uma sessão tumultuada pela greve dos professores, foi colocada em votação as contas do ex-prefeito João Bosco Bitencourt no exercício de 2016.

Depois de iniciada a sessão e de discursos e ações acaloradas, foi colocado em prática o rito de votação das contas do ex-gestor, esclarecendo que o TCM rejeitou as referidas contas do exercício 2016.


As contas foram rejeitadas por 16 votos a favor da rejeição, 01 voto contrário e 01 se absteve, onde o primeiro a votar foi o vereador Adriano Sousa, obedecendo a ordem alfabética, o vereador Marcilio Goulart se ausentou da sessão em apoio aos professores que pediam a suspensão da sessão.
Dessa forma o futuro político do ex prefeito João Bosco Bitencourt leva mais um nocaute.


Quanto aos professores fora a manifestação, tudo continua como está, professores em greve, nada saiu do lugar.

Lorena Oliveira

Lorena Oliveira | Comunicadora Editora Foco de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.