Disque 100 registrou mais de 11 mil denúncias contra pessoas com deficiência em 2018

Capacitado para receber denúncias de agressão a mulheres e outras minorias, o Disque 100 registrou 11.752 casos contra pessoas com deficiência ao longo do ano de 2018 no Brasil.

Isso representa um aumento de 0,6% se comparado ao número de 2017, com base em dados do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, os principais agressores são os irmãos (19,6%), seguidos por pais e mães (12,7%), filhos (10%) e vizinhos (4,2%). Outros familiares e pessoas que possuem vínculo com o portador da deficiência somam 20,7%.

INFORMAÇÕES – Bahia Notícias

Lorena Oliveira

Lorena Oliveira | Comunicadora Editora Foco de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.