Triste: Uma cadela morta a tiros e outra baleada em Nova Viçosa

A cachorra Isla foi morta e a cadela Pantera foi alvejada a tiros no início da manhã desta terça-feira, 06 de agosto, próximo à casa de seu dono na Rua das Amoras, bairro Vila Viçosa na cidade de Nova Viçosa. O dono dos animais procurou a delegacia da cidade para denunciar o caso à polícia.

De acordo com o dono das cachorras, Jucimário Costa, “Todo dia pela manhã as 5:30 solto meus cachorros na minha rua. Hoje infelizmente eles foram para a rua atrás do mercado aqui perto de casa, escutamos eles latindo e ouvirmos tiros, quando eles voltam correndo pra casa baleados. Essa da foto morreu. A outra “Pantera” tá viva mas conseguimos retirar o que tinha dentro, tá aí na foto”, disse Jucimário Costa, dono das cadelas, muito emocionado.

Quando o dono encontrou a cadela Isla, ela já estava perdendo muito sangue e não teve como socorrê-la. A cachorrinha era considerada dócil pelo dono.

“Não fazia nada com ninguém e vivia mais dentro de casa. A pessoa que faz isso não tem coração. Pode ser considerado um bandido”, lamenta o dono dos bichinhos.

Após o fato, Jucimário foi até a delegacia e, além de fotos da cachorra morta, levou a cápsula da bala que matou o animal para apresentar ao delegado e para pedir que o caso seja apurado.

“Quem faz isso com um animal, faz com qualquer ser humano. Eu espero que ele ao menos seja chamado para responder pelo ato dele. Pelo menos que seja chamada a atenção para não fazer isso com outros animais e para deixar de andar com arma”, finalizou.

Lei de Crimes Ambientais nº. 32 – Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos: Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.

INFORMAÇÕES: BAHIA EXTREMO SUL

Lorena Oliveira

Lorena Oliveira | Comunicadora Editora Foco de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.