Esperar Black Friday? Promobit estima que categorias tem maior queda de preço

Esperar Black Friday? Promobit estima que categorias tem maior queda de preço

Com a aproximação da Black Friday, este ano programada para o dia 29 de novembro, os consumidores começam a ficar em dúvida se vale a pena adquirir um produto específico agora ou se é melhor esperar a chegada da data para garantir um preço mais baixo. O Promobit, plataforma especializada em promoções e descontos fundada em 2013, fez um levantamento de dados que ajuda a responder essa questão. Baseados na quantidade de ofertas que foram cadastradas no site e no app de desconto na Black Friday do ano passado, por categoria (como Eletrodomésticos e Tecnologia), o Promobit verificou que certos produtos chegam em um valor realmente baixo no dia da Black Friday, o que eles chamam de Top Oferta: quando um produto apresenta o menor valor registrado nos últimos seis meses. Em 2018, isso aconteceu com as TVs, por exemplo. Das 322 ofertas de televisores recebidas, 42 delas foram consideradas Top Oferta, ou seja, apresentaram o menor valor de compra visto desde maio de 2018. Assim, percebe-se uma tendência dessa categoria a apresentar preços baixos durante o período da Black Friday.  A mesma vantagem pode ser vista em relação ao universo dos games. Os produtos de PS4, seja consoles ou jogos em si, somaram 335 ofertas recebidas, das quais 46 eram Top Oferta. Sobre os produtos de XBox One, observa-se a mesma tendência: foram registradas 137 promoções, das quais 18 eram Top Oferta. Se esses números forem elevados a um percentual, tem-se 14% de Top Ofertas registradas para PS4 e 13% para XBox One. Se a procura nesta Black Friday for por um fogão, os números também são animadores: no ano passado, 21% das promoções recebidas foram consideradas Top Oferta. Com esta quantidade de fogões com preço baixo, a chance de encontrar o modelo específico procurado é bem grande. Um produto que merece a atenção de quem é entusiasta de música e tecnologia são os fones de ouvido. Ano passado, no dia da Black Friday, foram recebidas 102 ofertas do produto, enquanto 10% delas foram consideradas Top Ofertas. Já se a espera é por Smartphones ou Notebooks, os números do ano passado não convencem. Das 804 ofertas de celular recebidas, apenas 43, ou seja, 5%, foram consideradas Top Ofertas. Sobre Notebooks, 7% das promoções recebidas entraram na categoria Top Oferta. Já sobre micro-ondas, apenas 4% das ofertas foram consideradas Top Ofertas. Para Fabio Carneiro, COO e co-fundador do Promobit, é importante acompanhar os preços dos produtos que se tem intenção de comprar. “A vantagem de acompanhar o valor do produto é que o consumidor já fica ciente do preço médio do produto. Assim, a chance de cair em promoção ‘metade do dobro’ é bem menor”, explica ele.

INFORMAÇÕES – BahiaNoticias

Lorena Oliveira

Lorena Oliveira | Comunicadora Editora Foco de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.