Globo dispensa Letícia Spiller após 29 anos de contrato





Globo decidiu não renovar o contrato com Letícia Spiller. A atriz, que já atuava na emissora há 29 anos, estreou em 1992, na novela Despedida de Solteiro. Dois anos depois fez um grande sucesso com a Babalu de Quatro por Quatro, de Carlos Lombardi.

A artista se junta à lista de diversos famosos que poderão retornar a emissora com contrato por obra. Inclusive, a partir de agora, Spiller terá autonomia para negociar com serviços de streaming.

Segundo a colunista Carla Bittencourt, uma grande empresa chegou a entrar em contato com a atriz para um projeto, mas a parceria vigente impediu.

Ao longo da carreira a loira foi protagonista em diversos folhetins da emissora. Leticia foi convidada para protagonizar Esplendor, telenovela exibida no horário das 18h, em 2000. No ano seguinte a atriz precisou recusar o papel de Jade, a protagonista de O Clone – que acabou ficando com Giovanna Antonelli -, porque estava em processo de produção do espetáculo teatral O Falcão e o Imperador.

Já em 2002, voltou a ganhar destaque quando viveu Diana de Sabor da Paixão, na faixa das seis.

Seu último trabalho na emissora foi em 2018, integrando o elenco principal da novela O Sétimo Guardião, do autor Aguinaldo Silva, onde viveu papel de Marilda, primeira dama da cidade fictícia serro azul, uma divertida socialite totalmente obcecada por juventude e que surpreende a todos por sua beleza, que utiliza de uma fonte de águas mágicas para manter-se jovem.

Assim como Leticia, nomes como Antonio Fagundes, Tarcisio Meira, Gloria Menezes, Miguel Falabella, Malvino Salvador, Aguinaldo Silva e outras estrelas não renovaram com a emissora nos últimos meses.

INFORMAÇÕES – BahiaExtremoSul

Facebook Comments Box